Instituto São José reforça medidas de prevenção contra o Covid-19 na semana referência

(42) 3635-1599

Laranjeiras do Sul - PR

Notícias

Instituto São José reforça medidas de prevenção contra o Covid-19 na semana referência


A partir desta segunda-feira, 30, o Instituto São José atende aos plantões do Sistema Único de Saúde - SUS, no entanto, algumas medidas já vinham sendo adotadas em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). As estratégias, se intensificam nessa semana, pois visam proteger os pacientes, familiares, acompanhantes, profissionais de saúde e a sociedade em geral.

A suspensão do atendimento a casos não graves, por tempo indeterminado, é uma das medidas adotadas pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do Instituto São José, bem como revezamento de funcionários e desinfecção de todo material que entra no Hospital.

De acordo com a enfermeira Katia Marreiros, a população de evitar aglomerações em frente ao hospital e nas salas de espera e, só procurar o atendimento médico em caso de extrema urgência. ”Não temos nenhum caso em Laranjeiras, mas precisamos da colaboração de todos. Nós montamos uma tenda em frente ao hospital para não aglomerar pessoas nas salas de espera e recepção. Estamos seguindo todas as recomendações do Ministério da Saúde e do Governo do Estado do Paraná, estão pedimos as pessoas que continuem sendo responsáveis e não procurem os hospitais se não for de extrema importância”.


Quando procurar atendimento?


Febre, mal-estar, cansaço, tosse. Por mais que pareça prudente procurar atendimento médico para identificar se é gripe ou coronavírus, o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) recomendam que só deve ir ao hospital quem estiver se sentindo muito mal, com sintomas mais graves como dificuldade para respirar e febre alta (a partir de 39°C). A medida serve para evitar que a pessoa sobrecarregue o sistema de saúde de maneira desordenada e que ela contamine ou seja contaminado por coronavírus (caso não esteja infectado) ou por outros vírus circulantes (estamos vivendo os primeiros casos de infecção por gripe H1N1, que matou pelo menos mil pessoas em 2019).

Sendo Assim, reforçamos, sintomas de gripe leve e resfriado, a recomendação é ficar em casa, atenuando os sintomas com o uso de medicamentos simples para dor e febre (analgésicos e antitérmicos). Só procure um serviço de atendimento se sentir dificuldade para respirar ou tiver sintomas mais graves, como febre muito alta .


31/03/2020
10:01
Table 'saojose_site.mod_parametros' doesn't exist